Com a demanda exagerada por parte do Estado e tanta burocracia em nosso país, a grande maioria dos contadores tem trabalhado como “despachantes contábeis” e a contabilidade se tornou nada mais que uma commodity.

Para que o crescimento profissional proposto seja alcançado, e inevitável que a mentalidade seja transformada, para isso se faz necessário um estímulo ao crescimento pessoal.

Sozinhos vamos mais rápido, mas juntos vamos mais longe. Acreditamos ser esse o intuito dos profissionais da área contábil: Ir longe. E para isso, se faz necessário uma união da classe, uma diminuição da competição exacerbada que não coloca o cliente como foco e apenas afasta os profissionais de seus objetivos.